quinta-feira, janeiro 12, 2006

Erva da Semana XVIII: Nuclear Zone

Bem sei que a erva da semana tem violado consecutivamente a suposta regularidade semanal.

A razão, passa por uma fase de mundança.

Mudança profissional, mudança de residência, criação de um projecto próprio, investimento de tempo e dinheiro numa nova fase da vida.

Por isso tudo não tem sido possivel dedicar o tempo desejado a este Blog.

Mas sempre posso simplificar as coisas e utilizar um pouco mais a imagem como elementos que levam à reflexão sobre o mundo que queremo e procuramos ter.

Atravéz do Blog Quinta do Sagarçal fui dar ao site International Nuclear Safety Center.

Para quem possa não ter a noção da presença nuclear no Mundo é bom que olhe bem os mapas aqui deixados.

Centrai Nucleares no Mundo

Centrais Nucleares na Europa

Se fizermos uma contabilização por pais verificamos o seguinte, (só contabilizados os reactores operacionais).

Espanha: 9 reactores; França: 58 reactores; Reino Unido: 35 reactores; Bélgica: 7 reactores; Alemanha: 19 reactores; Holanda: 1 reactor; Suiça: 5 reactores; Eslovenia: 1 reactor; Bulgária: 6 reactores; Roménia: 1 reactor; Hungria: 4 reactores; Eslovaquia: 4 reactores; República Checa: 4 reactores; Suécia: 12 reactores; Finlândia: 4 reactores; Lituania: 2 reactores; Ucrânia: 15 reactores;

TOTAL DE REACTORES OPERACIONAIS NA EUROPA* = 187

* Não incluimos a Russia nesta contabilização por esta ser em grande parte Ásia, no entanto só na Russia existem mais 30 reactore operacionais, sendo que a sua grande maioria se encontra na parte ocidental da Russia, ainda dentro do Continente Europeu.

Certamente os defensores da solução nuclear dizem logo: "Mais uma prova que nuclear é seguro, tantos reactores e tirando Chernobyl nunca houve nenhum acidente mais grave."

Eu sendo contra, argumento com um pensamento simples da matemática. "Quanto maior o número de reactores maior a probabilidade de um dia algo falhar".

É preciso ver que grande parte destes reactores se encontram na Europa Central, bem no Centro do Continente e em paises bastante populosos, como a França e a Alemanha.

Por isso aquilo que hoje temos é uma espécie de bomba atómica sob controlo, embora ninguém, nem mesmo os melhores engenheiros nos possam dar a garantia de que nunca se passará algo.

Dizem apenas que o risco é minimo e que tudo é feito para que o risco seja infimo, no entanto esse risco corremos todos os dias, inconscientemente, sem termos sido consultados.

Esta não é uma questão nacional, é uma questão internacional, uma questão sem fronteiras...e eu simplesmente, não me importando de viver com o risco natural inerente à condição de estar vivo, perferia não ter o risco de um dia assistir a uma catastrofe nuclear.

5 Comments:

At 5:21 da tarde, Blogger tneves said...

e eu a pensar que eram meia dúzia em toda a Europa... DASSE!!

 
At 5:27 da tarde, Blogger Pedro said...

Ola Pedro

Realmente o Clean Energy tem andando um pouco irregular na postagem das noticias ultimamente devido ao trabalho que é muito e não ha tempo para tudo!!
Agradeço-to no entanto as crticas favoraveis ao clean energy.
O teu blog continua com temas actuais e interessantes (ja não passava ca a uns tempos!!),pelo que estive a ler principalmente na problematica do nuclear!

Continua
Cumprimetos

 
At 6:37 da tarde, Anonymous Jonas said...

Não fazia mesmo ideia que fossem assim tantos!! Concordo plenamente contigo,se um dia alguma coisa corre pro torto é um trinta e um do caraças!! Reparei foi é em algo que não sei se será bom ou mau: em Portugal nem um...

De qualquer maneira queria ainda dizer para continuares o bom trabalho que aqui tens feito e para continuares,pelo menos a mim,a informar sobre temas tão importantes,mas que infelizmnete passam ao lado de muita gente. É importante tomar consciência do tipo de assuntos que aqui expões.

Continua!

 
At 7:05 da tarde, Blogger Ant. said...

Ainda bem que nao temos nenhum em Portugal. Apesar que se rebentar um em Espanha ainda que apanhamos com a radiacao, mas pelo menos nao estao tao perto.

Só fico surpreendido que a China tenha tao poucos... apesar que tem uma percentagem de pobresa elevadissima. Além de perigo potencial de um desastre nuclear, acho que o mapa reflete tambem como o dinheiro esta espalhado pelo mundo. É triste...

 
At 10:20 da tarde, Blogger Desambientado said...

Não resultará em Portugal, como consequência do não cumprimento de Quioto, pressão para a instalação do Nuclear?

 

Enviar um comentário

<< Home

Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from 

Bravenet