sábado, dezembro 17, 2005

Erva da Semana XVII: Eco-Natal

Caros leitores,

Aproximamo-nos do Natal e o Blog Solariso não quer deixar passar esta ocasião sem deixar aqui os sinceros votos de um Bom Natal para todos.

O Natal é sem dúvida uma época especial, mas infelizmente reparo que o Natal se tornou numa espécie de época do consumo puro e irracional. Vejo o Pai Natal em toda a parte, a publicidade para o Natal começa em principios de Novembro, as pessoas fazem listas de compras para não se esquecerem de nenhum presente,...

Nas minhas recordações de criança, recordo-me do mistério que era para mim o Pai Natal e de esperar ansiosamente, num estado de sonho, pelo dia de Natal. Perto da meia noite era-nos tirado um sapato que a minha avó ia colocar debaixo da chaminé e misteriosamente as prendas apareciam, como que vindas do nada. Este acto simbolico de colocar o sapato debaixo da chaminé tem tanto de gesto inocente como de gesto sábio, porque devemos ficar felizes com aquilo que nos couber num sapato.

Hoje não me espanta que as crianças não acreditem no Pai Natal, pois este aparece a cada esquina sempre como quem está a trabalhar para uma imagem, para um centro comercial, para uma loja, etc...

Por isso o Blog Solariso já há algum tempo colocou em destaque o "Eco-Natal".

Na verdade no Natal não se exigem prendas, muito menos o exagero de prendas, no Natal exige-se acolhimento, conforto e partilha sem que isso implique uma partilha de bens materiais. Vejo pessoas ridiculamente stressadas com listas de prendas nas mãos, carrinhos de compras a transbordar. Dizem que é tudo para dár, mas são essas mesmas pessoas que estão eternamente ausentes, eternamente distantes, dos outros e de si próprias.

Mesmo querendo dar um presente a alguém, podemos faze-lo sem recorrer ao exagero. Devemos ficar felizes com um simples postal, ou se quisermos um podutos natural que necessitemos diáriamente.

Para a minha filha sinceramente gostava que as pessoas não a atulhassem de prendas no Natal, prefiro que a minha filha cresça a acreditar mais no Pai Natal e a dar valor às pessoas e não às prendas que elas lhes dão, talvez por isso acredito que o melhor e dár menos prendas e mais atenção.

O meu desejo para este Natal é que exista o menor número de prendas possivel lá em casa e que possamos estar mais juntos.

Deixo o convite para que experimentem fazer o mesmo. Vão ver o alivio que sentem e o espaço mental e espiritual que ganham para estar mais próximo dos outros.

Um Feliz Natal para todos

5 Comments:

At 7:30 da manhã, Anonymous Miguel Rocha said...

Estou aqui em terras de Espanha e vou passar o Natal a Portugal, com pessoas que me säo queridas. Levo a mala do carro cheia de... AMOR.
Obrigado Pedro, pelo teu eco-natal e Feliz Natal para todos.

 
At 9:05 da manhã, Blogger CARMO said...

Subscrevo por inteiro as tuas palavras. Menos prendas e menos tempo a desembrulhar prendas. Mais tempo para a atenção, convívio e carinho, especialmente com os mais idosos. BOM NATAL,
Sérgio

P.S.: http://ex-sitacoes.blogspot.com/2005/12/esprito-natalcio.html#links

 
At 11:38 da manhã, Blogger xipsocial said...

Viva!
Boa reflexão, gostaria ainda de acrescentar a estas sóbrias palavras que o Natal deveria ser todos os dias do ano no que se refere à atenção e amor que damos aos outros. É um pouco pobre a idéia que o Natal transmite, como sendo aquela altura do ano em que devemos acentuar os nossos sentimentos, eles devem, isso sim, ser apurados sempre, a cada segundo da nossa vida.
O amor é tudo, sempre, não é só no Natal!

Que o próximo ano seja preenchido com muito amor, para todos!

 
At 2:08 da tarde, Blogger Solariso said...

xipsocial,

É claro que tens toda a razão, queria apenas realçar que nesta altura as pessoas acabam por estar mais preocupadas com o superfulo e futil, acabando até por dar menos atenção aos outros do que nos outros dias do anos.

 
At 6:00 da tarde, Blogger xipsocial said...

Realmente isso é muito grave, colocarmos os bens materiais à frente das pessoas, ainda pior quando o Natal serve de pretexto...

 

Enviar um comentário

<< Home

Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from 

Bravenet