quarta-feira, junho 15, 2005

Um Novo Início

Caros Visitantes, Durante algum tempo deixei este Blog ao abandono, aliás o carácter do Blog era outro, bem diferente daquele que agora se inicia. Acabei por apagar quase todo o conteúdo que anteriormente tinha publicado neste sitio. Deixo apenas um pequeno artigo de opinião sobre o já distante debate sobre a situação ambiental do país por se enquadrar na temática deste Blog. Sinto que é meu dever como profissional da Área do Meio Ambiente contribuir para o esclarecimento, a divulgação e consciencialização para a problema do Meio Ambiente e sem ter de momento grandes meios para avançar com outros projectos de maior relevo inicio esta actividade à qual espero dispor de tempo e criatividade para manter uma discussão viva sobre as diferentes questões ambientais. Como descrevo no cabeçalho deste sítio que agora considero oficialmente aberto, “O Meio Ambiente deve ser mais do que apenas a preocupação, a conservação e a protecção. O Meio Ambiente deve ser a base filosófica para a Evolução da Humanidade e continuidade da Vida no Planeta Terra” Esta é na minha óptica a grande mudança/reflexão que deveria ser feita sobre as questões ambientais. É minha forte convicção que a toda e qualquer decisão de ordem económica ou política deve ter como sua base ideológica essencial a defesa e conservação do Meio Ambiente, como se tratasse de uma verdadeira condicionante para quaisquer decisões. Só assim poderemos atingir o tão falado, mas pouco visto, desenvolvimento sustentável. A prática comum é a de fazer ou explorar o que economicamente é mais rentável tentando minimizar os impactos ambientais, (os liberais aplaudem de pé este raciocínio lógico), mas é minha opinião pessoal que os impactos ambientais deveriam condicionar as orientações económico politicas em qualquer intenção de fazer ou explorar. O caso dos recursos energéticos é sem dúvida um excelente e fácil exemplo, onde a exploração de petróleo tem sido levada a cabo em detrimento de outras tecnologias por uma questão puramente económica. Sinto mesmo a necessidade de afirmar que a exploração petrolífera tem sido forçada e oprime o desenvolvimento de outras tecnologias. Nos anos 70, durante a grande crise petrolífera o desenvolvimento e divulgação da energia solar, por exemplo, atingiu o seu auge e apenas graças à intervenção do grande lobbing petrolífero conseguiu-se que os preços do petróleo e gás natural baixassem prematuramente, convencendo-se assim a sociedade a abandonar a ideia de energias alternativas. Entretanto as gavetas das grandes empresas petrolíferas foram-se enchendo de patentes para energia eólica, solar, etc... O adiamento do problema parecia não ter data definida, mas aqui estamos, cerca de 30 anos depois o preço do petróleo atinge um recorde histórico acima dos $ 50 por barril e não se prevê uma redução significativa tendo em conta o desenvolvimento económico da China e da Índia, dois países que “só agora começam a ter verdadeiramente sede de petróleo”. É caso para desejar um novo inicio. Temos de nos apressar, instalar colectores solares, apostar na energia das ondas, incentivar a investigação na melhoria das soluções tecnológicas já existentes. A Energia é o factor condicionante para o desenvolvimento de um país e terá de ser obrigatoriamente pela mudança de recursos energéticos que poderemos aderir ao desenvolvimento sustentável e resolver uma grande parte dos nossos problemas ambientais.Um Novo Inicio significará contudo, menos monopólios e mais autonomia energética de cada indivíduo. Será que é disso que eles têm medo??!

1 Comments:

At 6:15 da tarde, Anonymous Serguei said...

e não é que é disso mesmo!
a riqueza e liberdade de todos significa menos lucro e luxo para alguns... muitos mas usados, poucos mas poderosos :(
boa reflexão amigo!

 

Enviar um comentário

<< Home

Comunidade Portuguesa de Ambientalistas
Ring Owner: Poli Etileno Site: Os Ambientalistas
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from 

Bravenet